Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 1 de janeiro de 2012

Um Mantra

Vou fazer um castelo
Onde vou morar, com quem eu amo.
Vou batalhar pelos que sofrem,
E fazer sorrisos, como flores, desabrocharem

Vou apagar o sofrimento,
Ajudarei o máximo que puder. Eu vou poder.
Um sol bonito que ilumina e aquece todo mundo
Eu vou ser.

Vou pintar as flores que vão inspirar
O ar que todos vão respirar
Vai ressoar como perfume, todo dia
A vida vai soar como uma melodia

De uma sinfonia, retirarei todo o sentimento
Para me inspirar e fazer minha missão.
E quando a tinta acabar, ou 
O que construí ameaçar desmoronar,
Meus amigos vão me ajudar a levantar.

E com sorriso no rosto,
E uma bela canção no ar, que pairará.
Vou seguir meu gosto
E voltar a caminhar.

Arquitetar e planejar,
Liderar e seguir, melhorar,
Mudar pra melhor, buscar o bem, evoluir
Agradescer, pedir e louvar.

Jorge Madoz

Um comentário:

  1. Querido Jorge,
    o Mestre já dizia: "uma árvore se conhece pelos seus frutos".
    Fruto como este seu poema só é produzido por árvores de vida.
    Sua força está em seu coração,
    nossos corações não indestrutíveis, inesgotáveis...
    Grato por partilhar seus frutos com nosso mundo.
    Com sincero carinho,
    Valdemar

    ResponderExcluir