Ocorreu um erro neste gadget

sábado, 31 de dezembro de 2011

Reflexões sobre o Ano Novo

  Chegamos ao fim de mais um ano, para uns um ano cheio de alegrias, para outros um ano repleto de tristezas. Porém todos tiveram a oportunidade de aproveitar o livre-arbítrio e encararam as provações de cada como bem entenderam. Tivemos alegrias globais, grandes vitórias como a primavera árabe, e também tivemos nossa individualidade vivendo dias, uns sem se dar conta da imensidão do universo concentrados somente na correria da vida cotidiana.
  Pensemos um pouco agora, nessa imensa orquestra que é o mundo, orquestrado por Deus o maestro do universo. Ele que ordena com perfeição tudo em nossas vidas desde o a brisa no dia ensolarado quando estamos pensando "que dia maldito e quente", e de um jeito ou de outro ele sempre se demonstra nas nossas vidas, em pequenas ações ou enormes ações nas quais devemos prestar atenção. Agradeçamos por mais um ano passado, e se chegamos inteiros com consciência até aqui é devido à Inteligência Suprema.
  Não nos concentremos nos erros que cometemos nesse ano ou nos anos passados, prestemos atenção justamente nas próximas oportunidades de fazer o bem, pensemos no agora ! O ano de 2012 pode não ser o ano do fim do mundo como previsto pelos maias, mas com certeza será um ano de grandes mudanças na Terra, e por isso temos que estar preparados para sermos pessoas melhores a cada oportunidade em um mundo melhor. Mudemos em 2012, nos transformemos, mas para melhor sempre.
  Mesmo que tudo pareça estar caindo aos pedaços, tudo esteja falhando, ninguém esteja de verdade com você, pense em Deus, pois ele é apoio incondicional para todas as horas. Mas não lembre do Mestre apenas para pedir, também lembre para agradecer, como um ente querido dividamos as alegrias e as tristezas porque as alegrias serão dobradas e as tristezas diminuídas.
  Para esse 2012 eu espero muito amor vindo de todos, espero mudanças para melhor vindas de cada um, muita luz para toda a humanidade, para todos que sofrem, encarnados e desencarnados. Espero muito esforço vindo de cada um, almejando não o bem estar de si somente, mas o bem estar de todos em harmonia, essa harmonia visível que é as obras divinas que nos cercam, e somos todos irmãos em Deus.

Jorge Madoz

Nenhum comentário:

Postar um comentário