Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

TIRO, Tiro, tiro.

Me consome, me matas tanto, amor.
Me espanca, me dói tudo ! Amorzinho ?
Para ! Eu imploro ! Nunca mais tortura !

Eu não aguento mais, porque é toda
Tarde essa loucura, tortura é tontura.

Foi que fez-se tchau amora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário