Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Vem pra perto de mim

Vira minha;
Eu existo até legal,
Mas se não der, não insisto.
Faz que não quer depois se entrega, ta ?

Indícios de que me queres;
Certo é que não, porém sim. Depende.
Ai de mim, se sim é meu fim.
Rio me todo à toa de alegria.

Permaneço tosco, moço bobo.
Então penso, e desejo um pouco.
Realizarei ou não ? Vejamos né

Totalmente aberto esse sentimento agora está.
Ouve bem, vê se se inspira, eu sei que é provável.
DE MIM.

Jorge Madoz

Nenhum comentário:

Postar um comentário