Ocorreu um erro neste gadget

sábado, 12 de maio de 2012

Minha cidade

Confluência desse rio
Que é a cultura do Brasil.
Junção do quente com frio,
Aos candangos, salvas mil !

O que não devo ao nordeste ?
O que não devo ao sudeste ?
Norte a sul, leste a oeste
Compõem cultura celeste.

Resistiu à ditadura,
Mesmo debaixo de surra
Permaneceu sempre pura :
A nossa nobre cultura.

És capital noite e dia,
És amor, bela poesia.
De onde vem essa harmonia ?
Fruto de antropofagia !

És baião, és bossa, és samba.
Açaí, leite com manga.
És terra, água, vento e chama.
És jegue, jabuti, anta.
Cerrado, que luz tu emanas !
E luz essa que me inflama,
Assim vem a voz que clama:
"Brasilia seu filho te ama !".

Jorge Madoz

Nenhum comentário:

Postar um comentário